Palestrantes

Palestrantes do XX CB Sementes


Bert van Dujin

- Education:
1980-1986 Biology/Biophysics, Leiden University

- Diplomas:
Ph.D. Leiden University (1990)
Art. 9 certificate animal experimentation (1996)
Fish filleting, I & II (2004, 2005)

- Professional carrer:
1984 – 1986: Studant Assistant Dept. of Physiology, Medical Faculty, Leiden University.
1986 – 1990: Research Position at Dept of Cell Biology and Dept. of Physiology, Leiden University.
1990: Research project at Kyoto University, Dept. of Botany, Kyoto, Japan.
1990 – 1994: Post doc at Dept. of Mol. Plant Biology and Dept. of Physiology, Leiden University
1994 – 1996: Associate Prof. Department of Experimental Anesthesiology, Academic Medical Centre, University of Amsterdam.
1996 – 2002: Management of Center for Phytotechnology UT/TNO.
1996 – 2006: Product manager/ (deputy) head TNO Department of Applied Plant Sciences Head Plant & Technology
2005 – present: Manager Plant Biodynamics Laboratory (Leiden University)
2006 – present: Chief Scientific Officer Fytagoras BV.
2007 – present: Professor “Physiology” at University College Roosevelt, Middelburg, NL.
2008 – present: Professor ‘Plan Electrophysiology’ at Leiden University.

- Current positions:
CSO Fytagoras BV
Professor at Leiden University at Biology Institute Leiden
Professor at University College Roosevelt, Middelburg, The Netherlands (attached
Utrecht University).

Florina Palada

- Education: Agronomist, Master degree in Sustainable Agriculture, PhD in Agricultural Science.

1986-1990: Seed analyst and seed sampler at Territorial Laboratory for seed and planting quality control, Giurgiu Romania
1990-1997: ISTA Seed analyst and ISTA sampler at Central Laboratory for Seed Testing and Planting Material Bucharest Romania (ISTA accredited)
1997-1998: Agronomist Engineer, ISTA seed analyst and ISTA sampler; official field inspector for field crops at Central Laboratory for Seed Testing and Planting Material Bucharest Romania (ISTA accredited)
1999 - 2001: Chief of the Purity and Electrophoresis laboratory; official field inspector for field crops at Central Laboratory for Seed Testing and Planting Material Bucharest Romania ( ISTA accredited)
2001-2006: Supervisor of the ISTA testing and sampling activities at Central Laboratory for Seed Testing and Planting Material Bucharest Romania ( ISTA accredited); official field inspector; laboratory quality manager. Part of the auditors team involved in the accreditation of the Romanian Seed testing laboratories.
2006-2012: Quality manager responsible to lead and maintain the certification process according to ISO 9001 and ISTA accreditation in Monsanto Romania; official field inspector; coordinator of the Monsanto Quality assurance Team. Performing internal and cross-regional audits based on ISO 9001 and 17025. ISTA member since 2008.
2012-2015: ISTA system auditor at International Seed Testing Association (ISTA)- 2015-present: Head of the Accreditation and Technical Department at International Seed Testing Association (ISTA); since October 2016 acting Secretary General at International Seed Testing Association (ISTA)

Julia Buitink

- Diplomas
1989 – 1992 Bachelor in Sciences, Biology, Wageningen Agricultural University, The Netherlands.
1993 – 1995 Master in Sciences (Engineer), Biology, Wageningen Agricultural University, Plant Physiology, The Netherlands.
1996 – 2000 Ph.D., cum laude, Plant physiology and biological spectroscopy, Wageningen University, The Netherlands.

- Scientific Awards
Prize Hugo de Vries for the best Ph.D. thesis in plant sciences in the Netherlands (2000), Royal Dutch Botanical Society.
Black Founders lecture Buitink J. (2005) Desiccation Tolerance in the -omics Era: New Tools for an Old Enigma? Eight International Workshop on Seeds, Brisbane, Australia

- Postgraduate certificates
Biological Spectroscopy, Wageningen Agricultural University, Wageningen, The Netherlands. May 1996.
Food Polymer Science: Applications in Ingredient Functionality and Baking Technology, Heverlee, Belgium. 3-5 June 1996.
Understanding Amorphous Pharmaceuticals: challenges and opportunities, BioUpdate Foundation, Amersfoort, The Netherlands. 23-25 March, 1999.
EMBO Practical Course : the New Plant Model System Medicago, Gif-sur-Yvette, France. 18-30 Nov, 2001.

- Research Experience
2008 onwards: Research director
2002-2008: Senior Researcher, Institut National de Recherche Agronomique, Joint Research group Molecular Seed Physiology, Angers, France.
July 2002: Invited researcher Mass. General Hospital, Boston, USA
Sept 2000-Aug 2002: Postdoctoral Fellow, Institut National d’Horticulture, UMR Molecular Seed Physiology, Angers, France.
May 2000-Aug 2000: Postdoctoral Researcher, Department of Plant Sciences, Laboratory of Plant Physiology, Wageningen University (Dr. H. Hilhorst).
June 1998-July 1998: Invited researcher at the Institute of Chemical Kinetics and Combustion, Novosibirsk, Russia (Dr. S.A. Dzuba).
April 1996-April 2000: Ph.D. student, Department of Biomolecular Sciences, Laboratory of Plant Physiology and Laboratory of Molecular Physics, Wageningen University, The Netherlands (Dr. F.A. Hoekstra).
June 1995-March 1996: Graduate Researcher, Department of Phytopathology, Wageningen University, The Netherlands (Prof. P.J.G.M. de Wit).
May 1994-Nov 1994: Undergraduate Researcher, USDA-ARS National Seed Storage Laboratory, Fort Collins, Colorado, USA (Dr. C.Walters-Vertucci).
Sept 1993-April 1994: Undergraduate Researcher, Department of Plant Physiology, Wageningen University, Netherlands (Dr. F.A. Hoekstra).

- Professional Activities and Administrative Duties
2011-2013: Member of the Scientific Council of INRA department of Plant Sciences
2006-2011: Member of Management Council of INRA department of Plant Sciences.
2002-2006: Member of the Scientific Council, centre INRA, Angers
1996-1999: Member of the Daily Board of the Ph.D Council of the Graduate School Experimental Plant Sciences, Wageningen University, The Netherlands.
1991-1993: Member of the Educational Committee (RIGRO) of Biology, Wageningen Agricultural University, The Netherlands.
1991-1992: Vice president of the Biology Union, Wageningen University, The Netherlands.
1990-1991: Secretary of the Biology Union, Wageningen University, The Netherlands.

Henk W.M. Hilhorst

Professor Henk Hilhorst has been engaged in seed biology for more than 30 years, specializing in the regulation of seed dormancy, desiccation tolerance and germination using combined physiological, genetic and –omics research strategies. He is also involved in applied research in seed technology for the enhancement of crop seed quality. His main current research interest is on the vegetative desiccation tolerance in resurrection plants, a logical consequence of his work in seed desiccation tolerance. He is interested in the commonalities among mechanisms of desiccation tolerance of various organisms. He is considering the genomic and evolutionary aspects of desiccation tolerance in conjunction with habitat and ecology.

He has published 120 papers in international peer reviewed journals, 22 book chapters and a textbook on Seed Development and Physiology. He has given keynote lectures all over the world.

He is currently supervising 2 post-doctoral fellows, 7 PhD students, 2 laboratory technicians and varying numbers of graduate and undergraduate students. His research is funded by the Dutch Government, the Dutch seed industry, Brazilian research foundations and the European Union.

His teaching duties include undergraduate courses on Plant Physiology, Ecophysiology, Plant Adaptation and Reproduction Biology. Furthermore, he is involved in courses on Seed Physiology and Technology for employees of the Dutch seed industry and in several international courses in Brazil, United States, China and Italy.

He is Head of the Wageningen Seed Lab, Editor-in-Chief of the international journal Seed Science Research, co-founder and President-Elect of the International Society for Seed Science, Chair and member of Scientific Committees of several international meetings on various aspects of seeds.



Eduardo Chumbinho de Andrade

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa, e pós-graduação em Fitopatologia pela mesma Universidade. Trabalhou como estudante de iniciação científica em projetos envolvendo diferentes temas, nas áreas de Fitotecnia, Fitopatologia e Biologia Molecular. Doutor em Fitopatologia, possui grande experiência na área de biotecnologia e biologia molecular, com ênfase em Virologia Vegetal, atuando principalmente no seguintes temas: caracterização e diversidade molecular de vírus voltado para o desenvolvimento de métodos diagnósticos e de controle. Atualmente como pesquisador no programa Embrapa-Labex_USA, atuando no desenvolvimento de estratégia genéticas de controle de insetos, especialmente RNA interferente. Suas pesquisas nesta área está focada em insetos vetores de doenças.

Alexandre Nepomuceno

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1987), mestrado em Fitotecnia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1989), doutorado em Molecular Biology and Plant Physiology - University Of Arkansas (1998) e pós-doutorado no Japan International Research Center for Agricultural Sciences - JIRCAS, Tsukuba, Japão (2000 e 2004). Desde 1990 é pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). É Docente Titular no curso de Pós-Graduação em Genética e Biologia Molecular na Universidade Estadual de Londrina (desde 1999) e do curso de Pós-graduação em Biotecnologia Ambiental na Universidade Estadual de Maringá (desde 2012). Foi Membro Titular da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) de 2001 a 2011. Em Agosto de 2014 foi reconduzido como membro titular na CTNBio, na vaga de Especialista em Biotecnologia indicado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. De Set2011 a Set2013 coordenou o Programa LABEX US em Plant Biotechnology localizado no ARS/USDA Plant Gene Expression Center, em Albany, California, USA. Na EMBRAPA é membro titular do Comitê de Gestão da Programação (CGP), do Comitê Técnico de Capacitação (CTC), e Gestor do Portfólio de Engenharia Genética no Agronegócio (EnGenAgro).

Tem experiência na área de Fisiologia Vegetal, Biologia Molecular e Engenharia Genética, com ênfase em Expressão Gênica, Tolerância à Seca, obtenção e caracterização de Plantas Geneticamente Modificadas e Biossegurança de OGMs.

Gary Philip Munkvold

- Professional Preparation
University of California, Davis Plant Pathology Ph.D., 1992
University of Illinois, Urbana‐Champaign Plant Pathology M.S., 1988
University of Illinois, Urbana‐Champaign Forestry B.S., 1986

- Professional Experience
2010 – present: Professor, Dept. of Plant Pathology & Microbiology, Iowa State University
2008 – present: Chair, Graduate Program in Seed Technology & Business, Iowa State University
2006– 2010: Associate Professor and Seed Science Endowed Chair, Dept. of Plant Pathology, Iowa State University
2003 – 2006: Research Coordinator, Pathology, Entomology, & Seed Science, Pioneer Hi‐Bred Int., Inc.
1993 – 2002: Assistant and Associate Professor; Extension Plant Pathologist, Dept. of Plant Pathology, Iowa State University

- Synergistic Activities
1. Chair, ISU Graduate Program in Seed Technology and Business (2008‐), and Director for Graduate Education, ISU Dept. of Plant Pathology (2007‐); Chair, ISU Toxicology Graduate Program (2000‐2002)
2. I am Co‐director for the Administrative Unit of the U.S. National Seed Health System, a collaborative public‐private program whose mission is to facilitate U.S. seed exports through research, method standardization, and accreditation related to phytosanitary testing and inspection procedures.
3. I worked as Research Coordinator for Pathology, Entomology, and Seed Science at Pioneer Hi‐ Bred, Int., Inc., from 2003‐2006, leading a global team whose mission was to improve maize germplasm for seed quality traits, and for resistance to diseases and insects.

- Collaborators and Affiliations
Affiliated with the following ISU centers and institutes: Seed Science Center, Interdepartmental
Toxicology Graduate Program, Graduate Microbiology Program, Seed Technology and Business Graduate
Program, Center for Crops Utilization Research, Plant Sciences Institute, Bioeconomy Institute, Biosafety
Institute for Genetically Modified Agricultural Products.
Important collaborators include Dr. Richard Hellmich and Dr. Robert Proctor (USDA‐ARS), Dr. Felicia Wu (Pittsburgh University), Dr. Anthony Pometto III (Clemson University), Dr. Antonio Logrieco and Dr. Antonio Moretti (National Research Council – Italy).

- Mentoring
I have advised more than 30 M.S. and 7 Ph.D. students as major professor, and I have served on student committees for approximately 50 additional students majoring in Plant Pathology, Toxicology, Entomology, Seed Technology and Business, Crop Physiology, Microbiology, Food Science, or Agronomy.
I also have mentored four Postdoctoral Research Associates and hosted six Visiting Scientists and four visiting students.

Julio Marcos Filho

Julio Marcos-Filho é Engenheiro-Agrônomo (1968) pela USP/ESALQ, onde desenvolveu toda sua carreira acadêmica: Doutorado (1971), Livre-Docência (1979) e Professor Titular (1987). Atua no ensino (graduação e pós-graduação), pesquisa e extensão universitária, nas áreas de Fisiologia, Controle de Qualidade e Produção de Sementes, no Departamento de Produção Vegetal da USP/ESALQ, envolvendo principalmente sementes de grandes culturas e de hortaliças. Foi pesquisador visitante do Departamento Horticulture and Crop Science, da Ohio State University/EUA, em 1995/1996, em 2004 e 2009.

A produção acadêmica inclui artigos publicados em periódicos científicos nacionais e internacionais com corpo editorial qualificado, livros, capítulos em livros e artigos técnicos de divulgação. Orienta estudantes à Iniciação Científica, candidatos ao Mestrado e ao Doutorado, além de supervisionar programas de Pós-Doutorado.

Tem participado ativamente em eventos científicos nacionais e internacionais É editor associado dos periódicos científicos Seed Science and Technology (ISTA) e Journal of Seed Science (ABRATES), assessor Ad Hoc de vários periódicos científicos nacionais e internacionais e de várias agências de fomento, além de manter estreito contato com empresas produtoras de sementes.

Tem exercido várias atividades administrativas e foi Vice-Diretor da ESALQ, de 1991 a 1995, e Diretor, de 1999 a 2003.



José de Barros França Neto

Engenheiro Agrônomo formado pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da Universidade de São Paulo, em 1975. Possui mestrado em Tecnologia de Sementes, obtido junto à Universidade Estadual do Mississippi, Estados Unidos, em 1978. É Ph.D. em Fisiologia e Patologia de Sementes junto à Universidade da Flórida, em 1989. Realizou pós-doutorado em Biologia Molecular e Fisiologia de Sementes junto à Universidade da Flórida, em 1995, e possui especializações na Universidade de Illinois e Universidade Estadual do Mississippi (EUA), Universidade de Novi Sad (Sérbia) e INRA (França).

Trabalha como pesquisador na Área de Sementes da Embrapa Soja em Londrina, PR, desde 1979, onde desenvolveu diversas tecnologias para a produção e análise de sementes de soja. Membro do Comitê de Tetrazólio da ISTA (International Seed Testing Association) desde 1998. Foi presidente da APROSOJA (Associação Brasileira dos Produtores de Soja), gestão 1999-2001; vice-presidente da ABRATES (Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes), gestão 2009 a 2011 e presidente da ABRATES, gestões 2011-2013 e 2013-2015. É Diretor Financeiro da ABRATES, gestão 2015-2017. É Editor Associado da Revista “Journal of Seed Science” e Editor do Informativo ABRATES. Membro do Conselho de Administração da ABRASEM (Associação Brasileira de Sementes e Mudas).

Recebeu a Comenda Antônio Scundino de São José em 2013, outorgada pelo governo de Minas Gerais.

Tem diversos trabalhos, capítulos de livros e livros publicados sobre tecnologia de produção e análise de sementes de soja e girassol.

Silmar Teichert Peske

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Pelotas (1972), mestrado em Agronomia Tecnologia de Sementes - Mississippi State University (1976) e doutorado em Agronomia Tecnologia de Sementes - Mississippi State University (1983). Professor por mais 40 anos da Universidade Federal de Pelotas e pesquisador do CNPq por mais de 20 anos. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Produção e Beneficiamento de Sementes, atuando principalmente nas culturas de soja, arroz, milho trigo e hortaliças.

Ivo Marcos Carraro

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (1976), mestrado em Fitotecnia (Produção Vegetal) pela Universidade Federal de Viçosa (1979) e doutorado em Ciencia e Tecnologia de Sementes pela Universidade Federal de Pelotas (2005). Atualmente é diretor Administrativo da Coodetec Desenvolvimento, Produção e Comercialização Agrícola LTDA. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Melhoramento Genético de soja, Manejo e Tratos Culturais, atuando principalmente nos seguintes temas: sementes, soja, canola, pesquisa e trigo. Experiencia em Gestão de Empresa de Pesquisa agricola. Presidente da Associação Brasileira de Obtentores Vegetais - BRASPOV e Vice-presidente da ABRASEM.

André Felipe Carrapatoso Peralta da Silva

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Viçosa (1990), com Mestrado em defesa Sanitária Vegetal pela mesma Universidade em 2013. É Auditor Fiscal Federal Agropecuário desde 2004, atualmente exercendo o cargo de Diretor do Departamento de Fiscalização de Insumos Agrícolas, no Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. Foi produtor rural, fiscal agropecuário do Estado do Rio de Janeiro e possui experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fitossanidade, atuando principalmente nos seguintes temas: proteção de plantas, prevenção e controle de pragas, análise de risco de pragas, fiscalização de sementes e mudas.



Francisco Guilhen Gomes Júnior

Engenheiro Agrônomo e Mestre em Agronomia pela Unesp – Campus de Ilha Solteira. Concluiu o Doutorado em 2009 pela USP/Esalq, com período sanduiche na Ohio State University (EUA). Desde 2009 tem trabalhado no Setor de Tecnologia de Sementes do Departamento de Produção Vegetal da Esalq, principalmente em assuntos relacionados à utilização de técnicas de análise de imagens para análise de sementes. Tem atuado como coordenador de projetos de pesquisa relacionados ao desenvolvimento de métodos para análise de sementes por microtomografia de raios X e Imagem por Ressonância Magnética desde 2012. Atualmente possui 43 artigos científicos publicados em periódicos nacionais e internacionais e 77 comunicações publicadas em anais de eventos científicos. É membro da diretoria da Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes (Abrates), biênio 2015/2017, e membro do Comitê de Tecnologias Avançadas da International Seed Testing Association (ISTA).

Felipe Teixeira
Claudio Manuel da Silva
José Américo Pierre Rodrigues


Oscar Stronchon



Palestrantes do III Simpósio Brasileiro de Sementes de Espécies Forrageiras


João Henrique Hummel Vieira
Yara Regina Machado Bueno
Andréia Bernabé
Maria da Glória Trindade


Rosa Miriam de Vasconcelos

Empregada da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária desde 1981. Atualmente exerce o cargo de Coordenadora da Coordenadoria de Assuntos Regulatórios. Advogada com Doutorado (Phd) pela Universidade de Queensland, Austrália (2007), com área de concentração no acesso aos patrimônio genético e conhecimentos tradicionais associados a recursos genéticos, um dos principais corolários da Convenção da Diversidade Biológica – CDB e da Medida Provisória n.º 2.186-16, de 2001.

É representante da Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA junto ao Conselho de Gestão do Patrimônio Genético (CGEN).

Integra a delegação que representa o Brasil na Conferencia das Partes da Convenção de Diversidade Biológica – CDB. Nesse contexto, participou de várias reuniões e grupos de experts.

Virgínia Arantes Ferreira Carpi
Pedro Henrique Linasse Mastella
José Roberto da Fonte


Bárbara Puchala



Palestrantes do IX Simpósio Brasileiro de Tecnologia de Sementes Florestais


Ana Paula Moreira da Silva
Aurélio Padovezi
Danilo Ignácio de Urzedo

Engenheiro Florestal pela Universidade Federal de São Carlos e mestre em Recursos Florestais pela Universidade de São Paulo com período sanduíche na North Carolina State University (EUA). Atualmente, é doutorando em Science pela The University of Sydney - School of Geosciences (Austrália) na linha de pesquisa de transformações agrárias, desenvolvimento global e meios de vida. Tem experiência profissional voltada à restauração ecológica e cadeias de valor de produtos florestais não madeireiros em organizações da sociedade civil com povos indígenas e agricultores familiares nos biomas Cerrado e Amazônia. Atua como consultor do Instituto Socioambiental na Rede de Sementes do Xingu e como vice-coordenador do Comitê Técnico de Sementes Florestais da Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes. Desenvolve pesquisa na interface entre Recursos Florestais e Ciências Sociais, principalmente nos seguintes temas: cadeias de valor, redes globais de produção, governança e participação social na conservação, manejo e restauração de ecossistemas.

Natália Coelho


Andréia Gerk
Sidney Ferreira
Barbara França Dantas

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Uberlândia (1997), mestrado em Agronomia (Fisiologia Vegetal) pela Universidade Federal de Lavras (1999) e doutorado em Agronomia (Agricultura) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2002). Atualmente é pesquisadora a da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, docente permanente convidada do programa de pós-graduação (PPG) em Recursos Genéticos Vegetais da Universidade Estadual de Feira de Santana-UEFS e PPG em Horticultura Irrigada da Universidade do Estado da Bahia- UNEB. Participa também como co-orientadora e colaboradora em diversos outros programas de pós-graduação nas Universidades Federais de Sergipe-UFS, Rural do Semiárido -UFERSA e Estadual de Santa Cruz-UESC. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Sementes e Mudas, atuando principalmente nos seguintes temas: sementes da Caatinga, ecologia de sementes, metabolismo germinativo, armazenamento, fisiologia do estresse, mudanças climáticas, recursos genéticos vegetais.

Antônio Carlos Silva de Andrade

Eng. Agronômo UFRRJ (1990), Mestrado FITOTECNIA - UFRRJ (1994) (Fisiologia de Sementes), Especialização CONSERVAÇÃO DE SEMENTES EMBRAPA - CENARGEN (1995-1997), Doutorado ECOLOGIA E REC. NATURAIS - UFSCAR (2001). Pesquisador Científico Titular do Instituto de Pesquisas JARDIM BOT NICO DO RIO DE JANEIRO (JBRJ). Responsável pelas atividades científicas do Laboratório de Sementes-JBRJ. Desenvolve pesquisas em ECOFISIOLOGIA DE SEMENTES (influência dos fatores maternais e ambientais na dormência e na germinação de sementes), CONSERVAÇÃO DE SEMENTES (identificação do comportamento de armazenamento de sementes, deterioração e conservação de germoplasma semente) e ANÁLISE DE CRESCIMENTO VEGETAL (avaliação das adaptações morfo-fisiológicas em plantas sob diferentes condições bióticas e abióticas, principalmente através de parâmetros biométricos da produtividade final). Orienta projetos de pesquisa de graduação, mestrado e doutorado nas linhas de pesquisa supracitadas, nos PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO de BOT NICA da ENBT-JBRJ e de BIOLOGIA VEGETAL na UERJ, além de co-orientar alunos em outras pós-graduações.



Antônio Rioyei Higa

Engenheiro Florestal pela Universidade de São Paulo (1975), Mestre em Ciências Florestais pela Universidade de São Paulo (1980), PhD em Forestry pela The Australian National University (1990) e Pós-Doutor pela Universidade de Freiburg, Alemanha (2008). No período de 1976-1998 foi pesquisador, líder de projeto, coordenador do Programa Nacional de Pesquisa Florestal (PNPF) e chefe geral da Embrapa Florestal (atual Centro Nacional de Pesquisa de Florestas). Desde 1998 é professor da Universidade Federal do Paraná onde é responsável pela disciplina Genética e Melhoramento Florestal; nos cursos de graduação e pós-graduação em engenharia florestal e, orienta alunos de iniciação científica, mestrado, doutorado e pós-doutorado. Representou as universidades brasileiras na CTSMF - Comissão Técnica de Sementes e Mudas Florestais do Ministério da Agricultura (2005-2012). Foi assessor ad hoc da CTSMF no período de 2012 e 2016. Foi professor visitante no Instituto de Crescimento Florestal da Universidade de Freiburg, Alemanha (2006-2015).

Manuel de Jesus Vieira Lima Junior
Bruna Ferreira

Bióloga, gestora e articuladora da Associação Rede de Sementes do Xingu.

Juliana Muller Freire

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, com bacharelado em Ecologia (1997). Mestrado (2005) e doutorado (2010) em Ciências Ambientais e Florestais pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Desde 2010 é Pesquisadora da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) - Centro Nacional de Pesquisa de Agrobiologia, desenvolvendo pesquisa nos seguintes temas: fenologia, florística e fitossociologia, validação de inoculantes em mudas, tecnologia de sementes florestais. Foi coordenadora da Subcomissão Estadual de Sementes e Mudas de Espécies Florestais do Estado do Rio de Janeiro durante 4 anos. Atualmente é Coordenadora do Comitê Técnico de Sementes Florestais da Associação Brasileira em Tecnologia de Sementes. Atua também com extensão rural ministrando cursos de coleta e manejo de sementes e mudas para viveiristas, técnicos e extensionistas.




Palestrantes do XIV Simpósio Brasileiro de Patologia de Sementes


Júlio Garcia

Júlio César Garcia é mestre em Defesa Sanitária Vegetal pela Universidade Federal de Viçosa (UFV) e bacharel em Agronomia pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Atualmente é Auditor Fiscal Federal Agropecuário do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA, lotado no Laboratório Oficial Supervisor de Sementes (LASO) do LANAGRO-MG, onde atua na área de análise de sementes e gestão da qualidade.

José da Cruz Machado

Professor Titular de Patologia de Sementes da Universidade Federal de Lavras-MG. Graduação e Mestrado na UFV-MG, Doutorado na Manchester University–UK e Pos-Doc pela Wageningen University and Research Center, Holanda. Professor em curso de pós-graduação de Fitopatologia na UFLA, com diversos orientados e orientados de Mestrado e Doutorado. Mais de 100 artigos científicos publicados em periódicos nacionais e internacionais. Autor e co-autor de diversos livros e capítulos de livros na área de Patologia de Sementes. Membro do Comitê de Doenças de Plantas da ISPP. Coordenador de diversos projetos de pesquisa junto a CNPQ, CAPES, FAPEMIG, FINEP e coordenador de programa de cooperação da UFLA com Instituições holandesas. Bolsista do CNPq.

Andréa Bittencourt Moura

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa, mestrado e doutorado em Fitopatologia pela Universidade Federal de Viçosa, Pós-doutoramento na Università degli Studi di Verona (2016). É Professora Titular da Universidade Federal de Pelotas onde desde 1997 desenvolve pesquisas relacionadas ao controle biológico de doenças de plantas e à patologia de sementes.

Bárbara Puchala
Patrocinador MASTER
Patrocinadores SITE




Patrocinadores OFICIAIS




Apoio


Promoção e Realização
Organização

Inscreva-se e acompanhe a newsletter do XX CBSementes